14 de dez de 2012

Festas de Fim de Ano - Tudo de bom

Eu sei gente! Simplesmente estou sumida. A vida nesse corre corre e eu com o francês, portifólio pra acabar e dúvidas sobre o futuro! Ou seja, tô a mil, né?!


  
Mas nem por isso deixo vocês de lado. Mesmo não postando muito, sempre penso no blog e em vocês (meus queridos e queridas!).


Então, como não pode faltar, vamos falar do fim de ano (ou será fim do mundo? rs) e das festas que ele traz. Dicas básicas para vestidos de festa e acessórios, três dicas de cabelos fáceis (com vídeos que adoro!) e duas dicas de make, que não podem faltar nessa época! Mesmo porque, o mundo pode acabar, mas com gente bonita, por favor! Espero que todos tenham um fim de ano maravilhoso e que gostem do post (deixem comentários minha gente!)


˜˜˜
Com que roupa? E acessório???

Tudo depende da festa. Parece bobo, mas é isso. Sabendo o tipo de festa, você pode escolher melhor a roupa. As festas mais comuns de fim de ano são três (pode apostar!).


- Festa de formatura: aqui vale de tudo, ainda mais no verão do Brasil. Vestidos longos, curtos, mais atrevidos! É com você e seu gosto/bolso. Se quiser ousar: verdes, laranjas e azuis estão na ponta da estação, mas se quiser apostar no velho e bom pretinho básico, vai arrasar também, pois clássico sempre é clássico.

- Natal: festa mais familiar e é bakana não arriscar tanto, principalmente quando você está numa outra família que não a sua... rs. Roupas pretas ficam de lado (afinal, você não quer que a mãe do seu namorado pense que você é emo, certo?), nada de decotes ou peças muito justas/curtas. Tons pastéis com as cores do verão - já citadas - são uma ótima maneira de descontrair o look. Contudo, se quiser algo mais "santinha", as cores podem vir combinadas com cinza e branco. Fica lindo!

- Reveillon: Essa costuma deixar a gente louca... "será que a festa vai ser simples? ou será que vai ser chique? É bom sempre ter à mão roupas simples, porém sofisticadas. Peças feitas com tecidos mais elegantes e preciosos podem ser combinadas com uma saia, calça ou blusa e os brilhos fazem podem dar destaque ao look.

--> Acessórios! <-- nbsp="nbsp">

Não pode faltar em nenhum dos três tipos de festa, mas as dicas cabem para as três ocasiões!


- Conforto e praticidade devem ser seu lema! Ninguém merece perder um baile por causa de um salto apertado, ou de um vestido muito curto ou justo...
- Se a festa for simples, sua roupa também será, então capriche no acessório. Cintos coloridos, finos e altos dão vida a qualquer vestido branco, um salto alto faz com que uma skinny deixe de ser só uma calça jeans e uma bela bijoux faz toda a diferença!
 - Dourado ou prateado? Não importa... são cores que caem bem nas festas de fim de ano e isso também vale para acessórios.

Cabelo, cabeleira!

Não dá para ir numa festa sem um cabelo bakana... e não dá pra gastar um horror no salão também. Com um bom spray, um pente e gominhas transparentes dá pra fazer cabelos lindos! Fica a dica de três tutos fáceis de fazer, mesmo se você não entende a lingua falada neles, é só prestar atenção direitinho que a gente consegue fazer maravilhas! Boa sorte (eu já testei os dois, é fácil mesmo meninas!)

- Bailes e Festas de Formatura:

- Natal ou Reveillon:


Make pra ficar linda!

Não pode faltar né gente? Dois tutos lindos pra vocês! Uma mais ousada, que você pode mudar a cor usada de acordo com o seu gosto (ou mesmo de acordo com o tom do vestido de festa). A outra, mais clássica, que recomendo pro Natal ou Reveillon. 


É isso minha gente querida! Feliz Natal e Ano Novo maravilhoso! Beijokas e até a volta!

24 de set de 2012

Dicas para se vestir bem e esconder os defeitinhos: parte II seu tipo físico

Olás pessoas queridas! Ando sumida, mas não esqueço das promessas do blog! Então pra continuar aquela nossa conversa de como se vestir bem e disfarçar os defeitinhos, vamos passar uma aulinha pra saber que tipo físico é mais parecido com o nosso. Lógico que cada pessoa é diferente, mas com essas pequenas dicas, a gente pode "se encontrar" dentro de um padrão e colocar em evidência nossas melhores qualidades! Então, vamos lá?

˜˜˜

Se você tem busto grande:
Do tipo bem-dotada, você veste 40 (ou mais)  e é relativamente esbelta no resto do corpo. Provavelmente você tem que usar algum regulador ou apelar pra costurar as laterais do seu sutiã, para que a taça sirva direito.
Você deseja:
a) a se vestir de modo que seus seios não sejam a primeira coisa que as pessoas notem em você.
b) parecer proporcional.
O que procurar?
Formas que oferecem apoio em cima e que sejam um pouquinho frouxas da cintura para baixo, equilibrando sua figura.



Se você tem corpo tipo pêra:
Como um violino, você tem ombros, busto e cintura pequenos, quadris largos, bumbum grande e coxas grossas.
Você deseja:
Realçar e brincar com a parte superior do seu corpo e disfarçar da cintura para baixo.
O que procurar?
uma forma que evidencie seu corpo da cintura para cima, tops, tomara que caia, cortes em v ou quadrado equilibram sua forma. Você também pode usar colares e bijous que chamem atenção para essa região.

Se você é o tipo mignon:
Baixinha mas proporcional, você mede 1.60m ou menos.
Você deseja:
Vestir-se de maneira sofisticada e adulta, com a mesma autoridade que suas amigas de 1.75m o fazem.
O que procurar?
Diga adeus a qualquer coisa muito longa e folgada. Seu comprimento máximo de saias é abaixo do joelho... não abuse chegando até o pé com roupas e vestidos longos para não achatar sua figura. Usar cintos para marcar a cintura e bainhas nas roupas criam a ilusão de altura e te deixam livre para poder usar outros sapatos que não sejam só saltos altos! Pode apostar!


Se você é muito alta:
Você tem pernas muito longas e mede 1.80 ou mais.
Você deseja:
Enfatizar suas curvas sem acrescentar volume à sua altura.
O que procurar?
Pode abusar de vestidos e saias longas. Calças podem ser mais justas, assim realçam suas longas pernas. se quiser usar um sapato alto a dica são as ankle boots com calças dobradas na barra, isso cria a ilusão de que a calça é curta, deixando você mais proporcional.








Se você é plus-size:
Busto, quadris e bumbum grandes, você veste 42 (ou mais).
Você deseja:
Minimizar seu tamanho sem esconder suas curvas.
O que procurar?
Cortes em V no pescoço e linhas diagonais valorizam e alongam. Sapatos altos criam a ilusão de pernas mais longas, saias na base do joelho não tornam sua figura achatada. E é claro, a máxima: cores escuras diminuem sua figura. Mas lembre-se, um pouquinho de cor no acessório sempre é bem vindo!







Se você é reta de cima a baixo:
você tem pouco busto, cintura grossa, quadris e bumbum retos.
Você deseja:
Aparentar curvas, sem ter que apelar para nenhuma cirurgia!
O que procurar?
Roupas que definam sua cintura (mesmo que ela seja pouca). Isso ajuda a criar as dimensões do corpo de forma "separada" criando a ilusão de curvas. Cintos são bem vindos. Você também pode brincar com cores opostas (por exemplo: camisa branca+saia preta). Linhas diagonais ou listras verticais vão "aumentar" uma área (acima ou abaixo da cintura, nunca juntos, ok?!)


24 de ago de 2012

10 dicas para se vestir bem e esconder os defeitinhos

Quem é que não se olha no espelho e pensa: "Ai, podia estar um pouco mais magra"? "Podia ter os seios maiores/menores"? "Queria mais cintura"? "Um bumbum maior/menor"? Nunca estamos satisfeitas, não é mesmo?!
Pensando nisso fui dar uma pesquisada básica de como se vestir bem e disfarçar os "defeitinhos". Descobri 1000 maneiras ótimas, que agora repasso para vocês! 
Vamos começar pelo básico, dicas que todos devemos memorizar! Depois pelas lingeries, vestidos, calças, saias, blusas, agasalhos e jaquetas... uffs.
Dá pra fazer um armário novo, só com dicas do que valoriza o seu tipo de corpo! Espero que gostem!
˜˜˜



1 - LEMBRE-SE: TUDO É SOBRE PROPORÇÃO. Quase todo tipo corpo fica melhor em uma mistura de formas cheias e finas - um top sequinho com uma saia mais generosa, por exemplo, ou uma grande bata com jeans skinny. Pense sobre as maneiras como as formas de cada peça de seu guarda-roupa podem trabalhar juntas para criar esse equilíbrio.





2 - PRATIQUE A ARTE DA CAMUFLAGEM. Uma verdade indiscutível de moda: cores mais escuras minimizam e, cores mais leves (ou brilhantes) destacam. Para minimizar um busto muito grande, evite o uso de tops com cores reflexivas. Têm uma cintura espessa? O cinto marrom escuro é melhor do que o branco. Um vestido mini que esconde sua barriga, mas que mostra suas pernas? Ganhe!


3 - SAIBA QUE GASTAR DINHEIRO A MAIS NÃO É A RESPOSTA. Vá passear pelo bairro de luxo de sua cidade para perceber que mulheres ricas não ficam instantaneamente melhores em suas roupas. É COMO você monta o seu look que conta. E lembre-se sempre: ninguém precisa de um guarda-roupa monstro. Tem um grande vestido que se encaixa como uma luva? Use-o à morte.



4 - ESCOLHA OS TECIDOS CERTOS. Quando você está tentando tirar a ênfase de uma parte do corpo, um tecido fresco com alguma estrutura é melhor. Pense no algodão ou não na lã strechy. Materiais como jersey são melhores para áreas que você deseja exibir. E sempre que puder, passe suas roupas: as rugas (ou estofados) não ajudam ninguém.




5 - MANTENHA-SE FIEL AO QUE FUNCIONA PARA VOCÊ. Pense nisso como o desenvolvimento de um mantra ao comprar qualquer peça. Uma vez que você sabe as formas que mais lhe são favoráveis, você nunca mais vai cair na tentação errada "da última moda".






6 - MOSTRE AQUILO QUE TÊM DE MELHOR. Acentuar o positivo: tops nudes chamam a atenção para braços tonificados, calça jeans mais justas destacar um bumbum sarado, um decote em V mostra seu colo divinamente.






7 - FIQUE MAIS ALTA E PARECERÁ MAIS MAGRA. É por isso que os saltos são tão populares. Eles espalham o seu peso ao longo de corpo mais longo, o que faz você parecer mais magra instantaneamente. Um salto robusto pode balancear uma saia cheia, um Stilleto estende a longa a linha de uma saia lápis.







8 - NÃO VISTA-SE COM FORMAS MUITO FOLGADAS. Formas grandes fazem você parecer maior. Use roupas soltas o suficiente para se sentir confortável, mas firmes o suficiente para mostrar que você é tem curvas.





9 - UM(A) COSTUREIRO(A) DE CONFIANÇA É SEU MELHOR AMIGO. Você não pode esperar que todo vestido M caiba perfeitamente em toda mulher que veste M. Sempre haverão pequenos defeitos no busto, na cintura ou nos quadris. Isso significa que você precisa de um alfaiate de confiança para que suas roupas se encaixam em seu corpo.
Dica: se você vai a um alfaiate ou costureira, pela primeira vez, não comece com uma alteração complicada - que depois não vai poder desfazer! Dê a ela / ele uma saia simples e veja como retorna. Aos poucos, vá trabalhando com ela(ele) para que esta(e) também conheça você e as melhores formas para seu corpo.



10 - SE NÃO PUDER APRENDER MAIS NADA, APRENDA ISSO: elogios não tem NADA a ver com o seu tamanho. Seja você é uma moça curvilínea plus-size ou uma moça mignon, você não tem que ter uma figura "perfeita" para se vestir bem e chique. O segredo é saber o que funciona para a sua forma, e qualquer um pode fazer isso!


˜˜˜
No próximo, vamos falar sobre os tipos físicos, com imagens para nos ajudarem a percebemos nossos corpos e as características de cada tipo! Aguardem!!!

15 de jul de 2012

Divas do Rock - Gwen Stefani


Atrasadinho, esse post chega pra terminar nossa semana de rock. Na listinha que eu estava seguindo pra falar das Divas do Rock, existe uma que não considero nem um pouquinho (Courtney Love) então sábado ficamos sem e hoje a gente fala dessa "nova" Diva pra fechar bakana a semana. Espero que tenham gostado!
˜˜˜
Gwen Stefani

Gwen Renné Stefani Rossdale nasceu em 3 de outubro de 1979 em Fullerton (EUA) e é mais conhecida por seu trabalho com a banda No Doubt.
Ficou famosa com o disco Tragic Kingdom (1995) e criou hits como Just a Girl, Spiderwebs e Don't Speak.
Em 2004 Gwen gravou seu primeiro álbum solo Love. Angel. Music. Baby. O álbum continha música pop e dance e o single Hollaback Girl obteve imediato sucesso, tornando-se o primeiro single digital dos Estados Unidos a vender mais de um milhão de cópias. 
Ainda no mesmo ano, Gwen lançou sua marca de roupas e acessórios a L.A.M.B. Pouco depois criou outra linha: Harajuku Girls inspirada nas famosas garotas do Japão.

Harajuku Lovers Live (DVD 2006) foi outro grande sucesso na carreira solo dessa garota. Hits: The sweet escape, Wind it up, 4 in the morning.
2011 foi um ano foi mais um ano de conquistas para Gwen que definitivamente tem seu lugar no mundo do rock e no mundo fashion: foi homenageada no Rock and Roll Hall of Fame como uma das mulheres que mudaram a cultura americana e o rock and roll, sem dizer do crescente sucesso da L.A.M.B. Ainda no mesmo ano, anunciou o fim de sua carreira solo e planos de reativar a No Doubt.
Contudo o sucesso de Gwen não está só em sua música, mas também no estilo que a acompanha. Uma mistura de skate wear + étnicos + pin up stile trouxe um frescor que já não viamos desde Madonna (as más línguas falavam que Gwen imitava a Diva do Pop, mas vamos combinar... qualquer loura platinada que chega na indústria da música é comparada com Madonna). 
As makes de gwen sempre costumam trazer os olhos delineados, bocão vermelho e um bocado de iluminador. Os cabelos são o ponto alto: ou evocam o glamour das décadas de ouro americana, ou são releituras étnicas! E haja spray fixador!!! Adoro!

13 de jul de 2012

Divas do Rock - Siouxsie Sioux


Siouxsie Sioux 
Susan Janet Ballion, nasceu em 27 de maio de1957 na Inglaterra. Ela é mais conhecida por ser a vocalista e lider do grupo Siouxsie and the Banshees, que esteve na ativa de 1976 até 1996. Siouxsie é considerada uma das cantoras britânicas mais influentes de sua era, por isso também aparece aqui no blog!
Siouxsie cantou com vários famosos, como Morrissey (The Smiths) e John Cale (The Velvet Underground) e em 2000 começou sua carreira solo. Enquanto esteve com os Banshees gravou onze discos e teve várias músicas de sucesso como: Hong Kong Garden (uma de minhas preferidas!), Happy House, Peek-a-boo e Kiss them form me. Suas maiores influências foram, David Bowie, Lou Reed e Iggy Pop and The Stooges.
Aos 17 anos abandonou o colégio e durante esse período começou a frequentar as discotecas gays. Nessas danceterias ficou sabendo de uma nova banda: os Sex Pistols. A partir do momento que viu a banda tocar, decidiu que ia seguí-los durante um tempo. Siouxsie logo ficou conhecida na cena londrina por causa de seu estilo punk/gótico: a make sempre presente de cat-eye, baton vermelho, cabelo colorido e espetado e suas roupas negras.
Em meados da década de 1970 Siouxsie e seu amigo Severin decidiram formar uma banda. Entraram no concurso 100 Club Punk Festival. Sem mesmo saber nenhuma música ou tocar instrumentos os dois enfrentaram o concurso: enquanto Severin improvisava Siouxsie recitava poemas. A performance dos dois durou pelo menos 20 minutos! 
O Crítico Jon Savage (que estava presente) escreveu boas palavras sobre a garota, que para ele era "diferente de qualquer cantora de antes ou de então, totalmente moderna". Siouxsie abria assim uma nova era para mulheres na música.
Em 1976 Siouxsie aparecia publicamente junto aos Sex Pistols no programa de televisão The Bill Grundy's show. Durante o programa o apresentador perguntara a Siouxsie como ela estava ao que ela respondeu: "Feliz, porque sempre quis conhecê-lo!". Grundy (o apresentador) estava bêbado e sugeriu que os dois se encontrassem depois do programa. Isso levou o guitarrista dos Pistols Steve Jones a dizer uma chuva de palavrões nunca ouvidos antes num programa ao vivo. 
O episódio criou furor e foi coberto por vários tablóides. O Daily Mirror (um dos mais famosos) abriu seu jornal com a matéira "Siouxsie's a punk shocker" (algo como Siouxsie é uma agitadora). O evento teve grande repercussão, deixando mal a imagem dos Pistols. Após o incidente, Siouxsie decidiu parar de ver a banda e se focar somente na sua: Siouxsie and the Banshees. Desde seu início, um estouro!

12 de jul de 2012

Divas do Rock - Patti Smith


Patti Smith

Difícil falar pouco desta roqueira, poetisa, cantora e musicista. Patti tornou-se famosa junto do movimento punk, já em seu álbum de estréia: Horses (1975). A "Poetisa do Punk", como é chamada, trouxe um lado intelectual e feminista ao gênero e tornou-se uma das Divas do Rock'n'Roll pelo conjunto de sua obra. Se você não a conhece, está perdendo e muito! Não só com as músicas e histórias, mas também um dos estilos mais gostosos que esta musa do Rock nos trouxe.

Patti nasceu em Chicago, Illinois em 1946 e cresceu em Nova Jersey. Em 1967 mudou-se para Nova Yorque onde conheceu Robert Mapplethorpe. Mantiveram um longo relacionamento amoroso, apesar de Robert ser assumidamente gay, e, depois tornaram-se grandes amigos até sua morte em 1989. Em 1969 Patti foi para Paris e lá fazia exibições de rua e performances artísticas.

Ao voltar para os EUA, em 1970, ela pintou, escreveu e fez recitais. Nessa época Smith se sustentava escrevendo artigos de rock para a famosa revista Cream. No mesmo período compunha com Allen Lanier (da banda Blue Öyster Cult) que gravou várias músicas de Patti (tais como Carrer of Evil, Fire of Unknown Origin, The Revenge, entre outras).

Em 1974 a banda de Smith (The Patti Smith Group) se juntou casualmente, principalmente pela quantidade de shows que os amigos/integrantes faziam juntos. Eram eles: Lenny Kaye, Ivan Kral, Jay Dee Daugherty, Richard Sohl. Financiada pelo eterno amigo Robert Mapplethorpe, Patti gravou seu primeiro single Piss Factory/ Hey Joe.

Em 1975 gravou seu primeiro disco, produzido por John Cale (ex-Velvet Underground). A mistura de rock, punk rock e poesias recitadas deu origem a Horses que é tido por vários críticos e músicos como o melhor álbum de estréia já lançado por uma artista.

Ainda na década de 1970, The Patti Smith Group produziu mais dois álbuns, sendo Easter o mais famoso, contendo a também famosa Because the Night (em parceria com Bruce Springsteen).

Durante a maior parte da década seguinte, Patti esteve longe dos palcos e da música. Só em 1988 lançou Dream of Life, elogiado pela crítica.

Já na década de 1990, após a morte de seu marido Fred Smith (guitarrista da famosa banda MC5) e de seu irmão Todd (ambos em 1994), Patti começou a fazer terapia e logo se tornou uma ativa apoiadora do tratamento psiquiátrico para a manutenção da saúde mental. Ainda na mesma década, saiu em excursão com Bob Dylan e gravou o álbum Gone Again (1995) onde mostra sua admiração por Kurt Cobain com a música About a Boy (alusão à About a Girl de Cobain). Gravou ainda o disco Peace and Noise (1997).

Nos anos 2000 Patti não parou: gravou Gung Ho (2000) e Trampin (2004). Em 2005 foi nomeada uma líder da Ordre des Arts et des Lettres pelo Ministro da Cultura na França.
Sendo uma artista tão completa, é impossível que a moda não se apropriasse do estilo de Patti. 

Meio andrógeno meio boyish (bastante em voga nos últimos tempos), Smith usa camisetas e jeans destroyed, acessórios masculinos (como suspensórios e gravatinhas) e roupas oversized. Para fazer um look estilo Patti, camisa brancas com blazer preto, calça skinny preta, sapatos básicos também pretos, óculos estilo Wayfarers Ray Ban e cabelo selvagem. Pronta pra ser uma rockstar!

11 de jul de 2012

Divas do Rock - Joan Jett

Joan Jett
Joan Marie Larkin é cantora, guitarrista e baixista. Nasceu em 1958 e foi nomeada pela revista Rolling Stone como uma das melhores guitarristas femininas de todos os tempos.
A líder fundadora da banda The Runaways, se mudou para a Califórnia com pouco mais que 12 anos com um objetivo: seguir carreira musical. Quando The Runaways já fazia sucesso, Joan ainda era menor de idade!


No final da década de 1970, início de 1980, Joan Jett opta pela carreira solo, gravando com vários nomes de peso do cenário do punk/rock como Paul Cook (ex-Sex Pistols) e Steve Jones. No mesmo período, Joan conheceu o produtor Kenny Laguna, tornaram-se amigos e trabalhariam juntos.
Na sequência e com a ajuda de Laguna, Joan formaria a banda Joan Jett and The Blackhearts. Talvez pelo histórico (de muitas drogas) com The Runaways a nova banda não foi aceita pelas gravadoras, o que levou Jett a abrir sua própria gravadora: The Blackhearts. Joan foi a primeira mulher do seguimento a abrir sua própria empresa de música!


Durante a década de 1980 sua música mais conhecida (I Love Rock'n'Roll) ficou no topo da Bilbord por mais de um mês e é considerada pela mesma a 28ª maior música de todos os tempos. Realmente uma Diva com D maiúsculo!
A make na foto marca bem a passagem dos anos 1980: olhos gráficos e coloridos+bocão e cabelo mulet! Delícia!!!
Seu guarda-roupa tem um estilo masculinizado, que incorpora materiais como couro, correntes, tachas, alfinetes e muitas peças pretas. Para contrastar, Joan usa algumas peças coloridas, como vermelho ou pink, em sapatos, jaquetas e outros acessórios. Em seu período Glam Rock as lantejoulas e ombreiras não ficaram de fora! Viciada em jóias, Joan é bem exagerada quando se trata delas: ela usa toneladas de pulseiras, colares e braceletes!

10 de jul de 2012

Divas do Rock - Debbie Harry

Debbie Harry
Nascida em 01 de julho de 1945 em Miami, na Florida (EUA),  Deborah Ann Harry é mais conhecida como a lider da banda de Punk Rock/ New Wave chamada Blondie. Em 1960 se mudou para Nova York. Foi lá que começou sua carreira como cantora, e, no final da década estava em uma banda de folk rock chamada The Wind in the Willows, onde gravou um disco para a Capitol Records. 





Depois se juntou à banda The Stilettos e lá conheceu seu "eterno namorado" (e futuro guitarrista da Blondie) Chris Stein. Já em meados da década de 1970 a Blondie era muito requisitada no CBGB em Nova York (onde tocariam personagens como Ramones). Em 1976, após seu album de estreia, o sucesso bateu à porta dessa loura, que definitivamente entraria para a galeria de Divas do Rock.


Como musa do punk e da new wave, o guarda-roupa de Debbie também foi dividido nessas duas etapas: na primeira não faltava jaquetas de couro, peças jeans destroyed, coturnos, blusas largas e leggins coloridos. Já na época new wave não faltava peças com lurex, as famosas catsuits (pense na Mulher Gato e sua roupa e saberá o que é um catsuit), animal prints, mini-dresses, leggins, e muita atitude, lógico!



Pra completar o estilo, cabelos na maior parte do tempo platinados e make geométrica com cores fortes e metálicas. Horas Debbie resaltava o bocão vermelho, horas o contorno do rosto com blushes vigorosos. Coisa de Diva mesmo! 


9 de jul de 2012

Divas do Rock - Janis Joplin


Apesar de sexagenário (ou até mais que isso pra alguns), o Rock não envelhece e continua sendo o signo da juventude transviada. Influenciador de gerações desde o berço, o Rock veio para balançar paradigmas e cabeças. Na moda, começou nas ruas e invadiu as passarelas, mudando o estilo e a vida das pessoas! 
Para comemorar mais um aninho do velho e bom Rock'n' Roll (que faz niver no próximo dia 13), vamos falar das Divas que mudaram as idéias, o comportamento e o guarda-roupa de todas nós, e que não importa quanto tempo passe, vão continuar a nos inspirar! Vão ser sete musas do rock, de segunda a domingo!!! Espero que gostem! 
˜˜˜
Janis Joplin:

Nascida Janis Lyn Joplin, ela foi a primeira mulher a se tornar ícone do gênero. Considerada a "Rainha do Rock and Roll" e influenciada por grandes do Jazz e Blues (como Aretha Franklin, Billie Holliday e Odetta), Janis fez da voz sua característica mais marcante.  

No guarda-roupa, um estílo todo próprio (seria ela a "mãe" do boho style?), com peles, maxi bijous, tie dye, crochê e muitas, muitas calças boca-de-sino. Cabelos soltos e selvagens, nenhuma make e confiante até o caroço. Lógico que tinha que se tornar uma rock star! Confira um típico look à la Joplin!




1 de jul de 2012

Collier Reine Breteuil

Oi meus queridos e queridas! Este é um look que criei para uma competição no site MakeupBee

O Tema foi Marie Antoinette (que eu adoro!) e fiz inspirada no rococó + o caso do colar da rainha.

Produtos usados:
Inlglot Eye Shadows
Bella Terra Eye Shadows
Stud Eye Brow  - MAC
Super SHOCK mascara - Avon

Espero que gostem e comentem! Beijokas

Quero pedir, para quem puder, votar em mim! Segue o link:
http://www.makeupbee.com/look_Collier-Reine-Breteuil_47438

22 de jun de 2012

Sephora em Montréal - Delícia

Então minha gente querida, agora meu dinheiro evapora de vez... Abriu uma Sephora em Montréal e que delícia!

Fui por lá com bater perna com a querida Paulinha, que me lembrou que a Sephora já estava aberta e funcionando. Eu parecia criança em véspera de Natal, de tanto que fucei tudo. Experimentei TODAS as bases que vi, os perfumes, batons, blushs (e a área de venda da Nars? Meu coração quase que para!)


Sem brincadeira que ficamos fuçando tudo por umas 2 horas inteiras... kkkkkkkk... quando finalmente já estávamos prontas para ir embora, olhando nas nossas cestas o que ia e o que ficava, chega uma das vendedoras e nos diz que a loja precisava ser evacuada! Como assim?! Ficamos sem entender nada, mas antes de sair da loja me certifiquei que ela voltaria a funcionar normalmente naquele mesmo dia, afinal de contas eu não ia dar conta de ter ido lá e voltado de mãos abanando... imagina! =D


Uma hora depois, voltamos, tudo funcionando perfeitamente, agarrei minha Naked 2 da Urban Decay (SIM!!! Finalmente!!!) junto de um curvex Shu Uemura (ai gente, agora estou tão chata!) e saí da loja feliz demais! No fim acabei comprando a 2 por causa da dupla de pincéis dela, mas isso já é material pra um review, que é lógico, vou fazer pra contar pra vocês. 


Pra me deixar mais feliz ainda, a mocinha que me atendeu me deu uma tote bag lindinha e exclusiva da Sephora Montréal, ela tem um mapinha da cidade e tudo. Fofolete, repara bem! Agora virou meu novo mimo, não desgrudo, vai comigo até pra aula de Francês! =D

16 de jun de 2012

BB cream - como usar, prós, contras e review

O último post da série dos BB Creams vai explicar como utilisar, mostrar se este produto é o certo para você (e não mais uma moda cosmética pra acabar com seu rico dinheirinho) e junto, um review do BB que escolhi. Espero que gostem!
~~~
Como usar um BB Cream

O mais importante a saber é: o bb cream não serve para cobrir as imperfeições. Isso ainda é trabalho do corretivo =)

O BB Cream está mais para um primer, deixando a pele pronta para receber a maquiagem. Então, continuamos com o passo-a-passo de sempre: 

1 cara lavada,
2 hidratante
3 bb cream (o bonito entra aqui) 
4 base
5 se ainda precisar use o corretivo
6 pó




Como saber se eu preciso de um BB Cream

Essa é a hora da verdade. Nem sempre a gente precisa da última invenção do mercado... e a publicidade é um bichinho safado na vida das mulheres, porque quando sai uma coisa nova de maquiagem ou para o cabelo, "as mina pira"! 

Eu mesma fui arranjar o BB depois de um tempo que ele já estava circulando, esperei os preços baixarem, procurei bastante informação pra escolher um e quando consegui um preço bakana+o tipo de BB que eu queria, ai sim comprei um. Então, aqui vão algumas dicas bakanas pra saber se você precisa mesmo de um. 

Vou gostar de um BB Cream se:

--- Não preciso (ou não gosto) de muita cobertura. Alguns BB Creams oferecem um nível de cobertura que se assemelha ao de um hidratante ou protetor solar com cor. 

--- Sempre esqueço o protetor solar da minha rotina de pele. Alguns BB Cream têm esse componente nas suas fórmulas, mas lembre que não são todos heim?

--- Tenho pele clara ou média. Vai saber né... que raios é uma pele clara ou média, principalmente num país como o Brasil... mas infelizmente, a grande maioria dos BBs ainda só possuem duas gradações de cor.

Vou passar a bola pra frente se:

--- Tenho muitas áreas vermelhas ou escuras. Se sua pele estiver muito manchada o BB não vai conseguir matificar e você vai ter um grande trabalho com o corretivo depois da base e pode ser que seu rosto vire um "reboco"... se nem o Eduard Mãos de Tesoura aguentou, não é você quem vai aguentar, né?

--- Tenho acne. Como muitos deles possuem SPF na composição, não são produtos a base de água... e podem por vezes deixar a pele um pouco mais oleosa. É lógico que você pode procurar um BB cream próprio para pele oleosa, mas ainda sim ele não vai dar a cobertura necessária para disfarçar a acne. E acne não gosta de muita maquiagem em cima dela...

--- Tenho pele mulata/negra. Infelizmente a maioria dos BB creams não possuem gradações de cores para pele mulata/negra. A Smashbox tem um BB Cream "Dark"... mas somente em um tom.


Meu veredito:


Eu gostei muito do BB Cream, e como disse, procurei um bocado pra encontrar um que atendesse às minhas necessidades. Uso o Skin 79 para peles oleosas e, embora ele não seja do tom da minha pele (é bem mais claro pois é uma marca coreana), ele espalha muito bem, deixando uma camada bem fininha do produto. Então passo base e o corretivo só nas áreas escuras.

Mas vou falar a verdade. Não uso ele todos os dias não. Quando quero que a maquiagem dure bastante,  não uso o bichinho, porque acho que ele acaba fazendo minha pele suar mais, o que faz com que a maquiagem saia mais rápido.

Outra coisa que me incomodou foi o seguinte: depois do BB Cream, passar base em pó é pedir pra morrer... a coisa vai virando uma farofa na cara e não dá certo... então tive que mudar de base e ir pra uma líquida. Passar pó também ficou mais chato... mudei para um translúcido, porque achei que a maquiagem estava ficando pesada demais...

Ainda não testei ele em dias de calor extremo (quando REALMENTE o filtro solar vai fazer diferença)... mas começo a achar que vai ser daquelas coisas que vão precisar de mais retoques... vamos 
ver né? Daí conto pra vocês se for negativo.

O que achei que realmente valeu a pena foi o aspecto que minha pele adquiriu depois de mais ou menos um mês de uso do produto. Realmente a pele ficou mais macia, com uma cor mais uniforme, então acho que no fritar dos ovos o bichinho fica na minha prateleira por mais tempo. O polegar é positivo pra ele!